Xamanismo Crístico

12/04/2018 by in category Atividades, Programação with 0 and 0
Home > Atividades > Atividades > Xamanismo Crístico

Com Clêudio Bueno
Quinta-feira, 19 de abril, às 19h30
Entrada franca

Nesse mês de abril, celebramos a força dos elementais da natureza e do espírito Gaia, que estarão mais pulsantes nas comemorações do dia das nações indígenas, 19 de abril e Dia da Terra.

Recebemos com gratidão e alegria nosso amigo Clêudio Bueno, que trará pela primeira vez na Ponte do Arco-íris, uma noite de Xamanismo Crístico, reverenciando o Dia do Índio com Palestra e Rituais na purificação dos elementos fogo, Terra, água, ar e éter.

Todo trabalho do Xamanismo é voltado para a cura individual e planetária. Vamos nos conectar com a força da terra e de seus elementos, e poder de nossos ancestrais, os Índios, primeiros habitantes de nossa terra.

Venha participar!

Venha praticar o Xamanismo Crístico na busca do autoconhecimento: cura (física, emocional, mental e espiritual), harmonia (bom senso, equilíbrio, paciência e paz), consciência ( ideias, pensamentos, manifestação e luz), energia vital (fraternidade, amizade, companheirismo e amor).

Vamos enfrentar nosso dia a dia com uma melhor qualidade de vida. A vivência Xamânica Crística nos leva aos conhecimentos e à sabedoria de nossos ancestrais (a Mãe Terra, o Pai Céu, as estrelas, a lua, o sol e toda ligação estelar e física de nossas tradições), focalizando a nossa natureza interna (solvência, intuição, inspiração e visão), dos Elementos (terra, água, ar, fogo e éter), dos Arquétipos (guerreiro, visionário, curador e mestre) das direções (norte, sul, leste e oeste), das cores (branco, amarelo, vermelho e preto), das estações (primavera, verão, outono e inverno), dos animais de poder (águia, lobo, urso, búfalo, etc), dos instrumentos de trabalho (chocalho, sino, tambor, concha e apito e principalmente A PRESENÇA DIVINA EU SOU,  o SANTO SER CRÍSTICO, a CHAMA TRINA e o SER HUMANO, com o poder da CHAMA VIOLETA.

XAMANISMO CRÍSTICO – A manifestação da Consciência na Era da Luz

Por Clêudio Bueno

Durante muitas Eras, o ser humano trabalhou com a natureza, buscando a evolução do ser interior no encontro da Sabedoria de seus ancestrais e a sobrevivência do homem e do planeta. Na busca, porém, acabou se perdendo no caminho dessa jornada, em que a organização da sociedade moderna trouxe a perda quase total do vínculo com a nossa ancestralidade, deixando nossa sabedoria à mercê da lógica humana.

Nós sabemos que essa busca e esse encontro só dependem de nós mesmos, pois se encontram em nosso interior.

O Xamanismo que se pratica hoje no planeta tem a mesma origem daquele praticado por nossos antepassados:

  • A comunhão dos elementos da Natureza: fogo, terra, água, ar e éter.
  • Os instrumentos sagrados: chocalho, apito, pau de chuva, digerido, concha, tambor, sino.
  • O reino animal: o lobo, o urso, a águia, o búfalo.
  • O reino vegetal: as plantas sagradas que trazem as visões.
  • O reino mineral: os cristais.
  • O plano espiritual: a hoste angélica, os interdimensionais, os interplanetários, os Mestres da Fraternidade Branca.

Nós, seres encarnados nesta Idade da Luz, praticamos agora uma abordagem nova, diferente, com vivências que reverenciam a Presença EU SOU, buscando a revelação da nossa sabedoria ancestral, atingindo a iluminação ou a Ascensão Divina. Essa conexão entre o ser humano e a Divindade é denominada Xamanismo Crístico (nome dado pelo Mestre Saint Germain).

A configuração nessa busca da Iluminação ou Ascensão ocorre totalmente dentro de uma interiorização, sem nenhum tipo de alteração do estado de consciência, sem uso de qualquer substância que provoque um estado alterado dessa mesma consciência, produzindo visualiza- ções ou miragens que não sejam próprias do estado consciente daquele que pratica.

Na busca dessa interiorização, nós usamos apenas aquilo que os nossos ancestrais utilizavam nos primórdios dos tempos:

  • Os elementos da natureza que fazem parte da nossa constituição: a terra (o físico), a água (o emocional) , o ar (o mental) e o fogo (o espírito).
  • Os instrumentos de viagem: tambor e chocalho.
  • Os animais de poder: totens, medicina da cura.

Fonte: Revista Digital Era da Luz

Add comment

Ponte do Arco-íris Todos os direitos reservados ~ Criado por Fantaccini Comunicação